Marketing Digital para Negócios Locais: Guia Completo para Iniciantes

Você sabe que, hoje, a melhor maneira de divulgar o seu negócio local é através do marketing digital.

Se ainda não sabe, vou te dar bons motivos neste guia.

Afinal, em tempos onde 9 em cada 10 brasileiros pesquisam online antes de fazer compras em lojas físicas, estar presente na internet deixou de ser uma alternativa, não é mesmo?

Bônus ExclusivoFaça o download da versão em PDF deste guia + 2 bônusA versão PDF contém todas as dicas encontradas aqui… mais 1 infográfico com o resumo dos pontos mais importantes e… mais 1 checklist que irá lhe mostrar exatamente como dar início a uma estratégia de marketing digital local de sucesso.

Mas quando o assunto é marketing digital, tenho certeza de que você se encontra ou já se viu em algumas dessas situações:

– Não entende muito bem como o marketing digital pode beneficiar seu negócio local;

– Está iniciando agora o jogo do marketing digital e se sente perdido em que passos dar;

– Já tentou aplicar algumas técnicas de marketing digital que foram pensadas para empresas digitais e acabou não gerando resultados reais, ou seja, vendas.

– Achou que criando uma página no Facebook você se destacaria dos concorrentes e… tcharam: os clientes apareceriam como mágica.

Se você é proprietário de um negócio local e quer atrair mais clientes próximos à sua empresa, mas não sabe como o marketing digital pode ajudá-lo nesta difícil tarefa, você está no lugar certo.

Este guia é o mais completo e útil sobre marketing digital para negócios locais e irá lhe mostrar definitivamente tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Veja o que você vai aprender neste guia:

 

1. O que é Marketing Digital para Negócios Locais, afinal?

O termo “Marketing Digital para Negócios Locais” é bem grande e cheio de palavras, para facilitar a sua compreensão vamos dividí-lo em 2 partes:

Parte 1) Marketing Digital; e

Parte 2) Negócios Locais.

Ao entender cada uma das partes separadamente você terá maiores condições de entender todo o termo.

Vamos às 2 partes?!

Parte 1) Marketing Digital

Se você é um dos mais de 100 milhões de brasileiros com acesso a internet, provavelmente já sabe o que é Marketing Digital, e ele já faz parte da sua vida.

Resumidamente:

“Marketing Digital é promover produtos ou marcas por meio de mídias digitais.”

Parte 2) Negócios Locais

Se você procurar pelas palavras “Negócios Locais” no Wikipedia vai encontrar o seguinte resultado:

Por ser um termo relativamente novo, ainda não existe nenhuma definição registrada.

Já que o Wikipedia não nos ajudou muito, vamos arranjar uma definição que seja fácil e que possamos nos lembrar:

Negócio Local é uma empresa com um ponto físico, que atende em uma região geograficamente específica.

Há vários outros termos para representar “Negócios Locais” como: empresa local, empresa física, comerciante local, loja física, etc…

O que cada termo destes têm em comum é a localização, o seu limite geográfico.

Uma loja da Starbucks situada na cidade do Rio de Janeiro não pode atender um cliente que está em São Paulo.

Se você digitar a palavra “Starbucks” no Google, o resultado obtido é segmentado pela sua localização.

Estou no Rio de Janeiro e olha o meu resultado:

Se você estiver em outra cidade, provavelmente, os resultados serão outros.

Deste ponto de vista, todos os negócios são locais, até mesmo grandes marcas globais.

Agora você já sabe o que é “Marketing Digital” e “Negócios Locais” ficou moleza entender o que é “Marketing Digital para Negócios Locais” e responder a pergunta lá de cima.

Conceito:

Marketing Digital para Negócios Locais é a ação de promover, por mídias digitais, produtos ou serviços para consumidores de uma região específica.

A grande finalidade do Marketing Digital para Negócios Locais é fazer com que cada empresa, que tem como principal característica a atuação em uma região geograficamente específica, se conecte, através da internet, a potenciais clientes.

Pronto, agora que você já entendeu o que é e a finalidade do marketing digital para negócios locais, está apto para seguir para o próximo tópico.

 

2. Como surgiu o Marketing Digital para Negócios Locais?

Se você já pesquisou e estudou marketing, sabe quais são os famosos 4 Ps do Marketing criados por Jerome McCarthy e popularizados por Philip Kotler.

Mas se você ainda não sabe, os 4 Ps do marketing são: Produto, Preço, Praça e Promoção, conhecidos também como composto ou mix de marketing.

Cada “P” desempenha um papel fundamental dentro do mix, mas neste tópico vamos focar em em apenas 2Ps: Praça Promoção.

Mas por quê?

Você deve estar se perguntando…

O “P” de Praça é o responsável por como o cliente chega até você, aos seus produtos e serviços.

Obs.: Para você, proprietário de empresa física, a “Praça” significa responsabilidade dupla, pois tanto o seu ponto físico como a sua presença na internet fazem parte deste “P”.

Já o “P” de Promoção é quem vai fazer com que a mensagem certa chegue a pessoa certa na hora certa.

Qual é a grande finalidade de todo negócio?

Vender, não é mesmo?

Sem vendas nenhuma empresa sobrevive.

Como sua empresa é física – feita de cimento e tijolo – para que você possa vender, primeiro é preciso atrair clientes para o seu ponto comercial.

A partir da necessidade de marcas e empresas físicas se comunicarem com consumidores locais, ou seja, próximos à elas, surgiu o Marketing Local.

Mas o que é, exatamente, marketing local?

Marketing Local é o conjunto de ações para promover produtos ou serviços especificamente para consumidores locais.

O Marketing Local é dividido em 2 grandes grupos:

1) Marketing Local Offline; e

2) Marketing Local Online, (Nós, aqui na Elo Local, também chamamos de Marketing Digital Local).

Os dois grupos são importantes em uma estratégia de marketing para negócios locais. Mas o nosso foco aqui é o Marketing Digital Local = Marketing Local Online.

Neste ponto, chegamos à uma importante conclusão: “Marketing Digital Local” quer dizer a mesma coisa que “Marketing Digital para Negócios Locais” chegando à resposta da pergunta lá de cima.

“Marketing Local” deu origem ao “Marketing Local Online” que quer dizer a mesma coisa que “Marketing Digital Local” que também é sinônimo de “Marketing Digital para Negócios Locais”.

Daqui pra frente quando eu usar o termo “Marketing Digital Local” você já sabe que quer dizer a mesma coisa que “Marketing Digital para Negócios Locais”, beleza?

Como você viu, anteriormente, o marketing digital para negócios locais se utiliza de canais digitais para promover produtos e serviços segmentados pela localização.

E uma das principais características da internet é ser global, não ter limites geográficos.

O grande desafio e o maior objetivo do marketing digital para negócios locais é entregar a mensagem de sua marca para pessoas com verdadeiro potencial de tornarem-se seus clientes, ou seja, alcançar e se comunicar com pessoas próximas à sua empresa.

 

3. O Marketing Digital Local serve para qual tipo de empresa?

Aqui está uma grande verdade sobre o marketing digital local:

Não importa o tamanho da sua empresa: micro, pequena, média, profissional liberal, redes ou franquias. Nem o segmento: restaurante, médico, dentista, hotel, academia, loja de roupas etc…

Se para vender você precisa alcançar clientes em sua região e atraí-los para o seu ponto físico, então o marketing digital local é para você!

 

4- Por que Marketing Digital para Negócios Local é importante

Qual foi a última vez que você prestou atenção em um outdoor?

Talvez você esteja se perguntando: “Eles ainda existem?”

É claro que eles ainda existem, principalmente se você está em uma grande cidade ou se dirige por rodovias.

Existem alguns até bem criativos, como este da Petrobras:

Os outdoors foram criados para comunicar uma mensagem a dois tipos de público-alvo:

1) Pedestres que trafegam nas ruas

Os pedestres estão grudados nas telas dos seus telefones inteligentes. Respondendo a mensagens, procurando por algum assunto de seu interesse, curtindo ou comentando uma foto de um amigo…

De fato:

O uso de celular por pessoas que andam nas ruas das cidades é tão grande e assustador que está influenciando até nas taxas de atropelamentos.

Isso é perigoso!

Pare por um momento e observe a rua da cidade onde você se encontra e quais das 2 cenas acha que vai presenciar:

A) Uma pessoa ao celular; ou

B) Uma pessoa olhando um outdoor.

As chances são, quase que 100%, de a resposta ser a letra A, não é mesmo?

Vamos, agora, ao segundo grupo-alvo dos outdoors!

2) Motoristas ou caronas

Motoristas têm por obrigação prestar atenção no trânsito cada vez mais caótico.

E ainda se adiciona o fato de que os carros no futuro bem próximo se parecerão com isto:

Terão realidade aumentada e serão interativos, prendendo cada vez mais nossa atenção.

Vai ficar cada vez mais difícil para os outdoors atraírem a atenção motoristas.

E você pensa: Ah, mas ainda tem o carona…

Na próxima vez que der carona a alguém há uma probabilidade muito grande dessa pessoa estar interagindo com a tela do celular.

E mesmo se ela não estiver ao celular já existem carros previstos para chegar ao mercado em 2020, como este da Nissan, que terão telas com acesso a Netflix.

Você acha que ela vai perder seu tempo olhando para as ruas ou vai assistir a sua série favorita?

E você insiste e se faz a seguinte pergunta:

E se caso alguém esteja olhando para as ruas?

Alugar um outdoor por um ano, em um lugar movimentado, vai lhe custar uma considerável quantia entre R$30.000,00 a R$60.000,00 ou mais.

Digamos que você possui recursos suficientes para investir essa quantia, mas como vai calcular o ROI, ou seja, como você vai saber se o que você investiu trouxe retorno positivo para o seu negócio?

Você ainda acha que os outdoors têm futuro?

Agora vamos mudar de exemplo e falar sobre Televisão.

Desde que startups inovadoras como o Youtube e o Netflix surgiram, a audiência da TV vem caindo.

Mas se você faz parte dos 63% dos brasileiros que assistem TV para se informar tem de concordar comigo que ao mesmo tempo que assiste televisão também usa seu celular, principalmente nos intervalos comerciais.

Mas se tantas pessoas assistem TV por que os comerciais são tão ineficazes?

A TV é um meio de comunicação de massa.

Os anúncios de TV atingem todos sem distinção, não representam os seus interesses e desejos pessoais.

Por isso que, durante a programação a que você está assistindo, o seu celular está a tiracolo e na hora do intervalo (e muitas vezes até durante a programação), quase que automaticamente, você acessa a tela do seu celular. Ali as interações são personalizadas e customizadas, de seu total interesse.

Anúncios de TVs em horários com a maior probabilidade de os telespectadores prestarem atenção custam caro.

Os valores cobrados em horários de maior audiência, conhecidos como horários nobres, chegam a custar a incrível fortuna de R$ 500.000,00 a R$800.000,00 por 30 segundos de exibição.

E mesmo em emissoras de TV Locais, colocar um anúncio no ar, não costuma sair barato.

Os canais de comunicação em massa como o conhecemos vão morrer e darão lugar a experiências mais customizadas, como as do celular.

Diariamente, somos expostos a quantidades enormes de informações e já estamos nos acostumando a selecionar e prestar atenção só no que nos interessa.

Se você quer garantir a sobrevivência da sua empresa no futuro é melhor começar a focar seus esforços e recursos em Marketing Digital.

 

5. Por que investir em Marketing Digital para Negócios Locais

Quando eu digo “investir”, não estou falando apenas de dinheiro, mas tempo, esforço e dedicação também se somam a esse termo.

A sensação é de que o tempo tem passado cada vez mais rápido.

Sei como o seu dia é corrido e o quanto tem de se multiplicar para dar conta de tudo.

Valorizo o seu tempo assim como valorizo o meu, e por isso acho que o marketing digital local é o caminho que lhe dará o maior retorno sobre o seu investimento, seja ele qual for.

E quando o assunto é o universo digital, os números impressionam.

Somos um país onde mais da metade da população, em torno de 54,4%, tem acesso a internet (mais de 100 milhões de pessoas).

Hoje, graças à internet, podemos facilmente buscar e encontrar qualquer coisa ao nosso redor.

O mobile é o grande protagonista do mundo digital e no marketing digital local ele é ainda mais importante.

Para você ter uma ideia de como o aparelho móvel é o principal responsável por tornar o marketing digital para negócios locais possível, atualmente mais de 72 milhões de brasileiros usam seu smartphone para acessar a internet.

E não para por aí!

Os donos de smartphones possuem em média 15 aplicativos instalados no seu aparelho e 73% não saem de casa sem ele.

Já somos a 3ª nação que fica mais tempo online no celular, cerca de 3 horas por dia.

Agora se imagine na seguinte situação:

Hoje é o aniversário da(o) sua(eu) esposa(o) e por algum motivo (e podem ser muitos) você se esqueceu de comprar o presente dela(e).

E para piorar a situação, você se lembra que não comprou o presente de aniversário já no caminho de volta do trabalho para casa.

Quais das duas ações você, provavelmente, escolheria?

A) Sair pelas lojas procurando, desesperadamente, por algo de que ela(e) possa gostar; ou

B) Buscar no seu smartphone por “presentes que mulheres (ou homens) mais gostam de ganhar no aniversário” e com resultado desta busca, que já foi comprovado por outras pessoas, faria uma nova busca para encontrar uma loja que tenha o presente e que esteja perto de você.

Sei até que algumas pessoas ficariam com a letra “A”, mas sei também que a grande maioria escolheria a letra “B”. E não falo isso por achismo, mas os dados comprovam esta tendência:

Pesquisas apontam que cerca de 82% de usuários de smartphones no Brasil pesquisam na internet quando estão procurando uma empresa local, próxima de onde estão.

E não é só isso, outros dados indicam que 50% dos consumidores que fazem uma busca local, visitam uma loja dentro de 1 dia e outros 18% que fazem uma busca por negócios locais realizam uma compra dentro de 1 dia.

Os dados e as estatísticas estão a seu favor e a favor do seu negócio.

Mas também comprovam que o comportamento do consumidor mudou.

Neste exato momento, as pessoas estão procurando por produtos e serviços próximos a elas.

E o que elas encontrarão como resultado?

Você ou seus concorrentes?

Dica: Se você quer vender para esta nova geração de consumidores precisa entendê-los profundamente. Use os canais digitais para entregar informações e mensagens customizadas pelas necessidades de cada consumidor, estabelecendo uma conversa bilateral onde o seu cliente é o centro da comunicação. O novo marketing é sobre o que os seus clientes precisam e não sobre o que a sua empresa faz.

 

6. Vantagens do Marketing Digital para Negócios Locais

Ainda não está convencido de que o marketing digital local pode ajudar você a atrair mais clientes próximos à sua empresa e alavancar suas vendas?

Você tem de concordar comigo que o marketing digital só vem crescendo nos últimos anos.

E isso não tem acontecido por acaso.

Neste tópico vamos ver algumas vantagens do marketing digital para negócios locais:

Presença Online

Caso você queira que a sua empresa local seja encontrada por potenciais clientes é determinante ter uma presença online eficiente, já que 9 em cada 10 brasileiros pesquisam online antes de fazer compras em lojas físicas.

Pesquisas confirmam que três em cada quatro consumidores que consideram útil uma informação obtida através de uma busca na web estão mais propensos a irem até uma loja física.

Uma presença online efetiva traduz-se em atrair novos clientes e manter relacionamento com os já existentes, aumentando as chances não só de novas vendas como também de vendas recorrentes.   

Segmentação de Público

Existem diversas formas de segmentar seu público-alvo e uma das mais importantes para um negócio local é a segmentação pela localização.

Como já disse antes, uma das grandes vantagens da internet é ser global, não ter limites geográficos. Mas para donos de empresas que atendem em sua região o importante é ser local.

Gigantes do mundo virtual, como o Google e o Facebook, têm dado ferramentas incríveis para o seu negócio local ter sucesso online.

Por exemplo:

Facebook

  • Páginas específicas para Negócios Locais; e
  • Anúncios segmentados pela localização.

Google

  • Google Meu Negócio;
  • Google Maps.

Esses são apenas alguns exemplos e demonstram a importância do marketing de localização no cenário digital.

Atração Gratuita

A boa notícia é que no marketing digital a maioria dos serviços e ferramentas online são gratuitas. Isso mesmo, de graça.

Seja por meio da busca local orgânica do Google ou pelas redes sociais é possível atrair consumidores de forma gratuita e consistente para o seu negócio local.

Autoridade de Marca

Hoje, no Brasil, existem mais de 19 milhões de empresas ativas. A concorrência é alta em qualquer segmento de mercado.

E como você pode se destacar no meio desta multidão?

Sendo uma referência!

A web permite que você crie conteúdo útil e relevante – por meio de blogs, redes sociais, vídeos no Youtube – para o seu público-alvo.

Através do Marketing de Conteúdo sua marca pode se destacar da concorrência e se tornar uma referência local em seu mercado de atuação.

Relacionamento com o Cliente

O cenário multicanal em que vivemos permite às empresas não só atraírem novos clientes mas também a se manterem conectadas a eles.

Hoje, um cliente em busca de atendimento pode comentar uma publicação na sua página do facebook, fazer uma avaliação no Google Meu Negócio, enviar um e-mail, mandar uma mensagem no whatsapp etc.

A internet proporciona diversas formas e canais para sua empresa se relacionar e interagir com o cliente.

Mensuração de Resultados

Umas das características que inviabiliza o marketing offline frente ao marketing online é a sua incapacidade em mensurar resultados.

Ao anunciar uma promoção em um carro de som, por exemplo, não sabemos a quantidade de pessoas que foram impactadas pela propaganda e muito menos quantas pessoas realizaram a ação proposta.

O marketing digital permite mensurar cada ação ou conjunto de iniciativas realizadas pela sua empresa na web.

O acompanhamento e a análise das métricas e KPIs oferecem oportunidades e decisões fundamentadas para alcançar suas metas e objetivos de negócio.

Ótimo custo-benefício

Eu sei que uma pergunta que está pairando pela sua cabeça desde que começou a ler este guia é: “Quanto isso vai me custar?”.

No item “Atração Gratuita” mostrei a você que a maioria dos serviços e ferramentas de marketing digital são gratuitos.

E quando não são gratuitos são de baixo investimento se comparados ao marketing tradicional.

No marketing online boas e simples ideias, desde que bem executadas, valem mais que dinheiro.

Links Patrocinados –  como impulsionamento de publicações no Facebook, anúncios pagos no Google Adwords Express – são partes importantes em uma estratégia de marketing digital, mas quem decide em pagar por eles é você.

Pelos benefícios que o marketing digital consegue entregar para empresas onde atrair clientes para o seu ponto físico é fundamental, a internet é o melhor meio para promover a sua marca, produtos ou serviços.

Seja por não conhecerem as ferramentas necessárias ou por medo da complexidade, muitos empreendedores locais ainda não tiram proveito deste incrível canal de comunicação.

 

 7. E agora, o que fazer com o marketing local offline?

Você se lembra que eu  disse que “Marketing Local é dividido em 2 grandes grupos:

1) Marketing Local Offline; e

2) Marketing Local Online.

E que os dois tipos são importantes em uma estratégia de marketing para negócios locais.

Até aqui destacamos a importância do marketing local no ambiente digital.

Mostrei tendências vivenciadas por você no seu dia-a-dia, que comprovam que o marketing local online já é uma realidade e vem ganhando cada vez mais força.

Não tive até aqui, a pretensão de dizer que só o marketing online é importante.

É claro que o marketing offline ainda tem o seu lugar ao sol, especificamente, tratando-se de empresas onde o lugar e a presença física são importantes.

Em um mundo multicanal, a união bem-sucedida do online com o offline vai determinar o sucesso ou o fracasso de um negócio.

O grande desafio de um proprietário de negócio local é integrar, com sucesso, os canais de marketing online e offline, fazendo com que o cliente tenha a mesma experiência de marca – design, tom de voz e mensagem – em ambos os canais.

Mas fique calmo, você não está sozinho nessa!

Vamos falar sobre como você pode explorar melhor as possibilidades do Marketing Local offline com algumas dicas.

No marketing local offline, existem 3 principais categorias:

1) Marketing de Rádio;

2) Marketing Impresso; e

3)Carro de Som.

Para que você entenda melhor o que eu estou dizendo vamos dar uma volta pelas 3 categorias do marketing local offline para termos uma visão geral.

Marketing de Rádio

Vamos começar pelo rádio, pois pesquisas apontam que 89% dos brasileiros ouvem rádio.

Você já deve conhecer quais são as estações de rádios da sua região. E mesmo se não souber, é fácil achar uma.

Basta digitar, no mecanismo de busca do Google, a palavra “rádio local”. Não deve ser difícil entrar em contato com algumas e fazer uma negociação.

Olha o meu resultado de acordo com a minha localização neste momento:

Algumas perguntas que você deve se fazer ao anunciar em rádios locais:

  • Qual o objetivo da empresa com o anúncio?
  • Qual o objetivo do anúncio?
  • O programa ou o horário em que será exibido o anúncio está de acordo com o seu nicho de mercado, ou seja, com o seu público-alvo?
  • O conteúdo do anúncio contribui com os interesses do seu potencial cliente ou apenas com os interesses da sua empresa?
  • Está claro no conteúdo da mensagem que a sua empresa está também presente na internet, como em redes sociais?

Com alguns cuidados e desde que o centro de sua mensagem seja o cliente o rádio pode ajudar na divulgação da sua empresa pela sua cidade.

Marketing Impresso

Hoje, há vários tipos de materiais impressos que podem aumentar o alcance da sua marca, como: placas, flyers, cartões de visita, sacolas plásticas, imãs de geladeira, brindes etc.

Certifique-se de que a arte que irá representar a sua empresa esteja de acordo com as especificidades da sua marca.

Qualquer ponto de contato do cliente com a sua marca deve garantir uma experiência agradável e única.

Veja algumas dicas:

  • Tenha atenção ao design – cores, quantidades de informações, hierarquia das informações, espaços em branco etc.);
  • Deixe visível sua presença online (redes sociais, WhatsApp, site da empresa etc.);
  • Tenha atenção à qualidade do material e à impressão;
  • Não seja pão duro. À vezes o barato sai caro!

Carro de Som

Em grandes centros urbanos já não se utiliza mais carros de som para fazer divulgações, mas como em cidades menores ainda é uma prática, resolvi falar sobre esse canal de comunicação.

Aqui estão algumas perguntas que você deve se fazer ao anunciar em carros de som:

  • O volume do som está de acordo com o limite permitido?
  • Você vai alcançar o seu público-alvo onde o anúncio será exibido?
  • O conteúdo do anúncio contribui com os interesses do seu potencial cliente ou apenas com os interesses da sua empresa?

Sem tomar os cuidados necessários e como única estratégia de divulgação, não recomendo usar carros de som.

Mas se você tomar alguns cuidados necessários e desde que seja parte de uma estratégia mais bem planejada, carros de som podem ajudar a entregar a mensagem da sua empresa.

Em seu livro “Estratégia de Conteúdo para Web” Kristina Halvorson diz:

“Ao  priorizar o útil e relevante em detrimento de “não seria legal” e “para o caso de”, você irá, magicamente, deixar de lado pelo menos metade dos seus projetos de conteúdo para web.”

Essa afirmação não se aplica somente à web, se aplica também ao mundo físico.

Tenha em mente que todo e qualquer conteúdo da sua empresa, seja um anúncio na rádio, um flyer ou anúncio em um carro de som tem de ter, pelo menos, um destes dois objetivos:

1) Suporte a um objetivo comercial chave; ou

2) Suporte a um consumidor na finalização de uma tarefa.

Se qualquer conteúdo atual da sua empresa ou conteúdo que você pretende veicular, não satisfizer nenhuma destas duas simples exigências, ele será inútil.

 

8. Como criar uma Presença Online de Resultados

Se quiser colocar sua empresa na internet de forma efetiva, o primeiro passo que você precisa dar é:

Desapegar da ideia de só falar da sua empresa e começar a colocar o cliente como o centro de sua comunicação.

Tenho insistido no fato de que o consumidor mudou.

O novo consumidor, aqui eu e você estamos incluídos, quer ter o controle de todo o processo de compra, da pesquisa à visita a uma loja física.

A web nos deu a confiança de que podemos fazer boas escolhas sempre que as necessidades surgirem.

É essencial para sua marca local estar presente nos momentos em que as pessoas estão procurando ativamente aprender, descobrir, achar ou comprar algo relacionado à ela.

Hoje, a maneira mais inteligente, eficaz e barata de divulgar qualquer tipo de empresa na internet é através do inbound marketing (em português quer dizer “marketing de entrada”).

Também conhecido como novo marketing, o inbound, diferentemente do marketing tradicional, tem como principal característica atrair o interesse do potencial cliente entregando valor a ele através de conteúdo.

Por falar em conteúdo, o marketing de conteúdo é um dos pilares do inbound marketing e essencial para uma estratégia online de resultados.

Segundo Neil Patel:

“Marketing de conteúdo é uma estratégia de longa duração, baseada na construção de um forte relacionamento com os clientes, conseguido através do fornecimento de conteúdo valioso, consistente e altamente relevante para eles.”

Criando conteúdo útil e relevante para o seu público-alvo você irá atraí-lo de forma natural e espontânea e também irá auxiliá-lo em todo o processo de compra.

Não é à toa que, segundo a Rock Content em sua pesquisa de marketing de conteúdo, a previsão de investimento em marketing de conteúdo em 2017 terá um aumento de 67%.

metodologia Inbound é alimentada pela criação de conteúdo (marketing de conteúdo) e consiste em 4 ações: AtrairConverterFechar Encantar.

Aqui na Elo Local nós adaptamos a metodologia inbound à realidade dos negócios locais e dividimos o processo em 5 ações: Atrair, Converter, Relacionar, Vender e Encantar.

Cada etapa do processo se complementa e contribui com toda a estratégia de inbound marketing, criando um loop perfeito.

Para você começar desde já a colocar em prática sua estratégia de marketing digital local, neste guia, vou me ater à primeira ação da metodologia inbound, que é “Atrair”.

E isso nos leva para o próximo tópico!

 

9. Canais Gratuitos para Divulgar sua Empresa na Internet

Para alcançar sucesso online é fundamental saber onde, ou seja, em que canais divulgar sua empresa na web.

Existe uma infinidade de canais onde sua empresa pode estar presente.

É de extrema importância você definir:

1) Se o seu público-alvo faz parte do canal que você pretende criar presença; e

2) Se valerá à pena o investimento e o esforço dedicados, ou seja, se você terá ROI (Retorno sobre Investimento).

E para isso, separamos alguns canais gratuitos, que são os principais quando o assunto é marketing digital para negócios locais:

WordPress

Já ouviu essa expressão?

“Se não pode ser encontrado na internet, não existe.”

Trazendo essa afirmação para o mundo dos negócios, é essencial, hoje, que toda empresa, mesmo que atenda apenas localmente, esteja presente na maior rede do mundo.

E qual é um dos primeiros passos para qualquer empresa aparecer na internet?

Criar um site/blog.

Um site é como a carteira de identidade da sua empresa na internet.

Já o blog é um dos principais, se não, o principal responsável por uma estratégia de marketing de conteúdo bem sucedida.

Eu sei, eu sei… criar um site/blog pode parecer uma ideia assustadora, mas com o wordpress o que antes parecia um leão vira um gatinho.

Para criar o site/blog da sua empresa você vai precisar de um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (do inglês Content Management System – CMS).

O wordpress é o CMS mais popular do mundo e é uma ótima oportunidade para iniciantes, pois, graças à tecnologia, não é necessário conhecimentos técnicos.

Usado por mais de 24% dos sites da web, o wordpress é uma plataforma open source e está disponível para download gratuito.

Está esperando o que para começar a criar a presença online da sua empresa?

Facebook

Com mais de 1,6 bilhões de usuários, o Facebook é a maior rede social do mundo.

Atualmente, é difícil imaginar uma empresa que não faça parte desta gigante das redes sociais.

Crie conteúdos que façam as pessoas interagirem o maior tempo possível com a sua marca, elas confiam no facebook.

Instagram

O aplicativo de compartilhamento de fotos fundado por um brasileiro (Mike Krieger), que foi adquirido pelo facebook por 1 bilhão de dólares, atingiu a posição de quarta rede social mais acessada do Brasil.

As empresas têm começado a perceber sua relevância e estão se dedicando mais a este novo queridinho dos profissionais de marketing.

O Instagram pode ser um boa oportunidade para sua empresa aumentar os pontos de contato com o consumidor.

Youtube

O Youtube acabou de atingir a incrível marca de mais de 1 bilhão de horas de vídeo assistidas diariamente.

Em uma pesquisa realizada pela Cisco, a estimativa é de que em 2020 a grande maioria do tráfego da internet (cerca de 82%) será gerado por vídeo.

Segundo o Alexa, o Youtube é o segundo endereço da web mais acessado do mundo e pode ser um grande aliado da sua empresa na produção de conteúdo.

Google Meu Negócio

Google Meu Negócio (GMN) é uma ferramenta gratuita do Google que tem como objetivo facilitar a divulgação do seu negócio na internet, aumentando o alcance e a interação com seu público alvo.

O Google Meu Negócio é responsável por 3 grandes serviços do Google:

Pesquisas, Google Maps e Google +.

Como o GMN você consegue disponibilizar informações como o seu endereço, horário de funcionamento, telefone, website etc.

Nem preciso dizer sobre a importância do Google Meu Negócio em uma estratégia de sucesso para negócios locais, né?

Se a sua empresa ainda não está presente no Google Meu Negócio, provavelmente, está perdendo, neste exato momento, algumas novas oportunidades de negócios.

Yelp

Como dar aos seus potenciais clientes informações online confiáveis sobre a sua empresa?

O Yelp é a resposta.

Ele é um site de análise online no qual os clientes compartilham suas experiências, ajudando outras pessoas a tomar decisões informadas sobre restaurantes, oficinas mecânicas, dentistas e muito mais.

Trecho retirado do site:

Nosso objetivo: Conectar pessoas aos melhores negócios locais.

Com mais de 121 milhões de avaliações em 2016, o Yelp é uma ótima oportunidade para as marcas locais construírem avaliações positivas, aumentando a autoridade e a confiança online.

A intenção com esse tópico é lhe mostrar as possibilidades gratuitas que a internet oferece para negócios locais marcarem presença online.

Mas, a partir de uma estratégia bem definida, canais pagos também podem exercer um importante papel no seu marketing digital local, por isso resolvi lhe apresentar também 2 canais de anúncios pagos:

Facebook Ads

Facebook Ads é o sistema responsável pela mídia paga do Facebook.

Ele permite que você crie anúncios publicitários para veicular dentro da própria plataforma (Facebook).

O Facebook Ads possui diversas ferramentas para auxiliar você na criação de campanhas eficazes.

Ele oferece uma grande variedade de formatos de anúncios e os dois principais tipos de anúncios para negócios locais são: Divulgação nas imediações Visitas ao Estabelecimento.

O Facebook Ads é muito eficaz pois permite que você seja bastante específico em seus anúncios. Com ele você pode segmentar cada anúncio de acordo com o perfil do seu público alvo: localização, sexo, faixa etária, interesses etc.

Com o Facebook Ads, suas chances de alcançar pessoas com o potencial de tornarem-se seus clientes, são enormes.

Google Adwords Express

O Google Adwords Express é a ferramenta simplificada do Google para criar e gerir anúncios online.

Se você está disposto a investir em anúncios online pagos para atrair clientes que estejam próximos à sua empresa, de forma prática e sem ter trabalho na hora de anunciar, o Google Adwords Express foi feito para você.

Como o vídeo do Google Adwords Express diz: “Fique famoso na sua cidade.”

Os canais apresentados até aqui são apenas algumas possibilidades para criar uma presença online.

Existem muitos outros, mas acredito que você já possui muita teoria para colocar em prática e dar os primeiros passos no marketing digital local.

Afinal:

Nunca se esqueça de que toda ação de marketing tem que contribuir com um objetivo maior, fazer parte de uma estratégia.

Para você começar com o pé direito, no próximo capítulo vou falar sobre quais são os primeiros passos necessários na hora de criar a presença do seu negócio local na internet.

 

10. 4 Passos Essenciais para Construir uma Presença Online de Sucesso

Ao dar os primeiros passos no marketing digital você tem que ficar atento a alguns detalhes que podem ser os responsáveis pelo seu sucesso ou seu fracasso.

Vai dar mais trabalho no começo, mas você vai ganhar mais tempo ao longo do caminho.

No marketing digital, chamamos esse começo de kick-off (em inglês quer dizer ‘começar’ ou ‘dar o pontapé inicial’).

E para começar, você precisa ajustar sua bússola e direcionar seus esforços e dedicação no foco certo.

Tenho certeza que você se lembra da célebre frase do gato no filme “Alice no país das maravilhas”:

“Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.”

Sábias palavras, e elas nos levam ao primeiro primeiro passo de uma longa viagem pela criação de uma presença online de sucesso.

Passo 1) Definir objetivos e metas claros

Não ter objetivos definidos e metas claras é o mesmo que deixar a vida te levar.

Lembra da canção? “Deixa a vida me levar, vida leva eu…”

Balela!

Você precisa ter em mente (no papel, no computador, não importa onde) quais são objetivos do seu negócio a curto, médio e longo prazos e quais as metas para alcançá-los.

Recomendo que você faça dois exercícios:

1) Defina seus objetivos para:

  • Longo prazo (imagine onde você quer que o seu negócio esteja daqui a 5 anos ou mais);
  • Médio prazo (1 ou 2 anos); e
  • Curto prazo (semestre, trimestre e mensal).

2) Use a Meta S.M.A.R.T para auxiliá-lo no processo de estabelecimento de metas.

Sabendo exatamente onde você quer chegar, fica muito mais fácil saber em que direção seguir.

Passo 2) Conhecer seus concorrentes

No livro “A arte da Guerra”, Sun Tzu nos ensina:

“Conheça o seu inimigo e conheça a si mesmo, e em 100 batalhas, você nunca correrá perigo.”

Definindo seus objetivos e metas você passa conhecer melhor a si mesmo.

Mas se você quer ter sucesso nos negócios precisa saber quem são os seus concorrentes e o que precisa fazer para superá-los.

Monitore seus concorrentes e descubra quais são suas estratégias, o que está funcionando para eles e o que não está, para que você aprenda com o sucesso e o erro deles.

Você mesmo pode visitar outras empresas do seu segmento para tentar descobrir quais as estratégias são utilizadas por elas.

Existem muitas ferramentas para monitoramento online, uma bem simples e bem legal é a ferramenta do Facebook “Páginas para Acompanhar”.

Você pode acompanhar até 5 páginas que sejam de seus concorrentes diretos ou até mesmo indiretos.

Passo 3) Criar uma persona para o seu negócio local

Para negócios locais a principal segmentação no marketing digital é a segmentação por localização.

Mesmo sendo a principal, não quer dizer que seja a única.

Se você tem uma loja de roupas feminina, precisa atrair, principalmente, mulheres.

Mas que tipo de mulheres?

Qual a idade, profissão, faixa de salário, nível de educação etc?

Você deve alinhar o produto que a sua empresa vende ao cliente ideal.

No marketing digital, o cliente ideal também é conhecido como: persona, buyer persona, avatar etc.

Definição de buyer persona:

“Buyer persona é uma representação semi fictícia do seu cliente ideal baseado em pesquisas de mercado e em dados reais dos seus clientes atuais. Essa pesquisa inclui dados demográficos, padrões de comportamento, motivações e objetivos dos seus clientes.”

Você pode criar sua persona em 3 simples passos:

1) Pesquise (Faça uma pesquisa com clientes e potenciais clientes);

2) Identifique as Tendências da Pesquisa; e

3) Crie as Histórias da Persona.

Ao conhecer cada detalhe do seu público fica muito mais fácil estabelecer uma comunicação precisa e assertiva.

Passo 4) Atenção ao branding

Conceito de Branding:

“Branding é portanto uma atividade estratégica, de conceituação e planejamento. Vai muito além do logotipo ou da identidade visual da empresa. O objetivo de um projeto integral de Branding é alcançar uma posição única na mente e no coração do consumidor da marca.”

Sua empresa já atua no mundo físico e ao criar a presença da sua marca também no mundo digital você precisa ter alguns cuidados.

Todos os canais onde o cliente entra em contato com a sua marca devem oferecer uma experiência única.

Algumas perguntas que ajudam na definição do seu branding são:

  • Qual a missão, visão e valores da sua empresa?
  • Qual a essência da sua empresa?
  • Qual a personalidade da sua empresa?
  • Qual a voz e o tom de voz da sua empresa?
  • Qual a proposta de valor da sua marca?

Essas perguntas vão lhe ajudar a definir como você quer que os clientes pensem, se sintam e interajam com a sua marca e produtos.

Sua marca precisa se expressar com clareza e coerência em todos os pontos de contato do cliente com ela.

Você tem que falar a mesma língua com o cliente, com o fornecedor, com prestadores de serviços, com parceiros e assim por diante.

Quando há um alinhamento no discurso e na expressão da sua marca, todas as ações se complementam e a percepção do seu negócio fica cada vez mais clara na mente dos seus consumidores.

 

Conclusão e próximos passos…

Não restam dúvidas de que o marketing digital é o melhor caminho para os negócios locais crescerem, impulsionarem e se consolidarem no mercado.

Mas é preciso estar atento a algumas práticas e adaptá-las para a realidade local para alcançar seus objetivos de negócio. Vimos neste guia como fazer isso.

Mas agora você precisa colocar em prática tudo o que viu.

Se você está comprometido com o sucesso do seu negócio, recomendo fortemente agarrar o kit com:

  • 1 Guia Completo em PDF
  • 1 Infográfico (com o resumo das partes mais importantes do guia);
  • 1 Checklist (Lista de Verificação) que irá lhe mostrar exatamente como dar início a uma estratégia de marketing digital local de sucesso.

Coloque seu e-mail abaixo para acessar gratuitamente o PDF, o Infográfico e o Checklist.

Deixe um Comentário